terça-feira, 30 de agosto de 2011

GESTÃO PARTICIPATIVA

RENDO MINHAS HOMENAGENS À PROFA MARIA APARECIDA DA SILVA, A CIDA DO NEGRELLI,  QUE DURANTE VINTE ANOS TRABALHOU PROJETOS QUE ENVOLVEM A COMUNIDADE:
 O PROJETO PARTICIPAIS- INTEGRA COMUNIDADE COM ESCOLA, NA RESOLUÇÃO DOS PROBLEMAS EM BUSCA DE UMA IDENTIDADE COLETIVA, VISANDO SEMPRE O EDUCANDO ENQUANTO SER EM FASE DE DESENVOLVIMENTO.
FORNECE FERRAMENTAS PARA INTERAGIR NESTE NOVO MUNDO SEMPRE´PROPICIANDO A TRANSFORMÁ-LO QUANDO NECESSÁRIO.
A PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NESSE PROJETO PERMITE UM GRAU MAIOR DE CONFIABILIDADE, POIS A COMUNIDADE PASSA A CAMINHAR LADO A LADO COM A ESCOLA.

NO RELATO DA EQUIPE, ELES EXPLICARAM QUE CADA SALA ELEGE UM PAI RESPONSÁVEL E UM SUPLENTE.
SE A ESCOLA POSSUI 15 SALAS SERÃO QUINZE PAIS, POR PERÍODO.
ESTES PAIS SE PROPÕEM A COLABORAR NA DISCIPLINA TANTO NA SALA DE AULA, QUANTO NOS INTERVALOS.
ESTABELECEM O DIÁLOGO COM OUTROS PAIS DE ALUNOS PROBLEMÁTICOS, ASSISTEM AULAS, ENFIM PARTICIPAM ATIVAMENTE DA ESCOLA.

ISTO DE FATO PODEMOS DENOMINAR GESTÃO PARTICIPATIVA.

ALÉM DESTE INOVADOR PROJETO, O NEGRELLI CONTA TAMBÉM COM  O PROJETO CONVIVENDO EM HARMONIA, E PARCEIROS DO BEM EM AÇÃO.

PARABÉNS PARA A EQUIPE E A CIDA DO NEGRELLI, QUE PLANTOU SEMENTES CUJOS FRUTOS SERÃO COLHIDOS PELA ETERNIDADE.

OBRIGADA, CIDA, PARCEIRA E AMIGA DA EDUCAÇÃO E DE TODOS NÓS.

PARABÉNS HOJE E SEMPRE.

MARIA DE FÁTIMA

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

SOLIDARIEDADE

CAROS PROFS.

A DIRIGENTE DE ENSINO APOIA A AÇÃO ENTRE AMIGOS, EM PROL DA EE TARSILA DO AMARAL, MAIS DIRECIONADA AS DUAS PROFESSORAS QUE COLABORARAM E CONFIARAM NA ANTIGA GESTÃO DA ESCOLA TARSILA, HOJE, RESPONDENDO PROCESSO ADMINISTRATIVO.

NADA MAIS RESTA A FAZER SENÃO UNIR FORÇAS E SER SOLIDÁRIOS AS DUAS PROFESSORAS,   QUE ESTÃO COM PROBLEMAS DE SAÚDE AGRAVADO, SEM CONDIÇÕES FINANCEIRAS PARA SALDAR O ROMBO NA APM.

NÃO CABE AQUI E AGORA JUSTIFICAR NADA. POIS TUDO É INJUSTIFICÁVEL.

CLARO QUE DEVEMOS DAR GRAÇAS A DEUS, POR NÃO SER PROBLEMAS SÓ NOSSO, MAS DESAMPARAR INOCENTES, PARCEIROS, COLABORADORES, NÃO É PERFIL DA NOSSA CLASSE, QUE TANTO NOS ORGULHA.

DESTA FORMA, PARTICIPO E PEÇO SUA PARTICIPAÇÃO.

COM GESTO DE SOLIDARIEDADE, NOSSAS AMIGAS PROFESSORA PODERÃO VOLTAR A DORMIR EM PAZ. E NINGUÉM FICARÁ MAIS POBRE, COM A COLABORAÇÃO.

CONTO COM VOCÊS.

AMAR O PRÓXIMO É ESTENDER AS MÃOS, É AJUDAR DE CORAÇÃO.

ACERTOS DIRETO NO TARSILA, OU COM VICE DIRETORA.

MUITO OBRIGADA,
  MARIA DE FÁTIMA

terça-feira, 9 de agosto de 2011

DOZE PARTES QUE VALEM UMA VIDA !!!!!!

ESTE FILME MOSTRA FATOS VERÍDICOS, QUE PODEM DIAGNOSTICAR PRECOCEMENTE O AUTISMO, VEJAM......É MUITO BONITO!!!!


BLOG FO FELIPE QUE INDICA FILMES

VISITE O BLOG DO FELIPE, NOSSO ESTAGIÁRIO DO ACESSA ESCOLA, QUE CRIOU UM BLOG PARA INDICAR FILMES E COMENTÁ-LOS.

feindica.blogspot.com

O ACESSA INOVANDO NA DE DE OSASCO, PARABÉNS FELIPE!!!!

ENTREVISTA COM PAULO FREIRE

video



video

PAULO FREIRE POSTULAVA QUE ENSINAR  EXIGE ÉTICA, COMPROMETIMENTO, BOM SENSO, AMOROSIDADE..... ENTRE OUTROS....VEJAM OS VÍDEOS!!!!!

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

PROGRAMA REDE ENSINO MÉDIO TÉCNICO

Secretaria abre credenciamento para a Rede Ensino Médio Técnico


O processo é voltado a instituições públicas e privadas

de educação profissional interessadas em participar

do programa, que articulará a rede estadual à formação técnica

A iniciativa deverá ser implantada nos 155 municípios paulistas

com mais de 40 mil habitantes

Em 2011, a ação terá um investimento de R$ 60 milhões da Secretaria



O “Diário Oficial” do Estado desta sexta-feira (15/07) traz o edital com as instruções para o credenciamento de instituições públicas e privadas de educação profissional interessadas em participar do programa Rede Ensino Médio Técnico, da Secretaria de Estado da Educação. O programa tem por objetivo articular o Ensino Médio da rede estadual à formação técnica e deverá ser implantado no segundo semestre deste ano nos 155 municípios paulistas com mais de 40 mil habitantes. Em 2011, a iniciativa terá um investimento da ordem de R$ 60 milhões da Secretaria.

Poderão participar apenas organizações que ofereçam cursos de formação técnica de nível médio, constantes no catálogo nacional do Ministério da Educação (MEC) e compatíveis com o programa nos municípios relacionados. As instituições interessadas têm até as 9h do dia 15 de agosto para entregar a solicitação de credenciamento no setor de protocolo da supervisão de licitações da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), na avenida São Luís, nº 99, 1º andar, República, São Paulo/SP, CEP 01046-001. A Fundação funciona de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h.

A solicitação deve conter originais ou cópias autenticadas dos documentos de habilitação comum (jurídica, fiscal e econômico-financeira), habilitação escolar e proposta de cursos, separados em três envelopes fechados, respectivamente, além dos formulários requeridos. A relação da documentação necessária está disponível no site www.fde.sp.gov.br , assim como o edital e o projeto básico do programa.

Uma comissão será responsável por analisar os pedidos. As instituições habilitadas poderão ser contratadas pela Secretaria para atender aos alunos da rede estadual. O prazo de validade do credenciamento é de 24 meses, a partir da data de assinatura do respectivo termo, podendo ser prorrogado de acordo com a legislação vigente.

Sobre o Programa Rede Ensino Médio Técnico

Lançado pelo governador Geraldo Alckmin no último dia 11, o programa Rede Ensino Médio Técnico tem por objetivo articular o Ensino Médio da rede estadual à formação técnica. O programa será executado pela Secretaria de Estado da Educação em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) e com o Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, além das instituições de ensino técnico que serão credenciadas mediante chamada pública.

“É um estímulo para o aluno que terminou o 9º ano do Ensino Fundamental, para que ele não pare de estudar. Desta forma, reduziremos ainda mais a evasão escolar e proporcionaremos ao estudante uma formação para o mercado, pois ele já poderá sair do Ensino Médio com um diploma técnico e conquistar um bom emprego”, afirmou o governador Geraldo Alckmin.

“Em termos de Brasil, isso significará uma grandiosa contribuição de São Paulo para o desenvolvimento econômico em harmonia com a crescente inclusão do jovem no mundo do trabalho”, complementou o secretário da Educação, professor Herman Voorwald.

Duas modalidades

A educação técnica profissional será oferecida em duas modalidades, uma, de forma concomitante, e outra, integrada ao Ensino Médio. Na modalidade concomitante, que terá início a partir de outubro deste ano, o aluno cursará o Ensino Médio na rede estadual e o técnico em uma das instituições de educação profissional que serão credenciadas pela Secretaria da Educação. Esse modelo deverá ser implantado nos 155 municípios paulistas com mais de 40 mil habitantes, que juntos somam 1,3 milhão de estudantes matriculados no Ensino Médio da rede estadual.

Já neste segundo semestre, serão ofertadas 30 mil vagas. Os alunos matriculados na 2ª série do Ensino Médio das escolas estaduais poderão optar por uma das instituições credenciadas e escolher o curso de sua preferência. Caso o número de inscritos supere o de vagas, os estudantes serão selecionados por sorteio.

Na modalidade integrada, que terá início no próximo ano, a formação básica e o ensino técnico serão oferecidos em um único curso estruturado por uma equipe técnica formada por representantes da Secretaria, do Instituto Federal e do Centro Paula Souza. Poderão concorrer às vagas alunos matriculados na 1ª série do Ensino Médio das escolas estaduais selecionadas.

Em 2012, somando as duas modalidades, serão oferecidas cerca de 100 mil vagas. A meta, até 2014, é alcançar 30% das matrículas no Ensino Médio articulado à educação profissional técnica de nível médio, beneficiando aproximadamente 450 mil estudantes.